A Moda In Foco

Dupla de Estudantes Maranhenses é Finalista do Concurso SENAI Brasil Fashion 2018


Marielle Materazzi, nome artístico de Marielle da Silva Ferreira, e Josete Viegas, estudantes do Senai do Maranhão, estão entre as 12 duplasfinalistas da 5ª edição do SENAI Brasil Fashion, maior plataforma de educação e incentivo de novos talentos da moda. "Todo Mundo Tá na Moda" é o tema que guiará o desenvolvimento das coleções neste ano, chamando atenção para a diversidade e inclusão no universo fashionista.


Ao longo de três encontros, que acontecem entre setembro e novembro,os 24 alunos finalistas receberão orientação de seus coaches, os estilistas Alexandre Herchcovitch, Lenny Niemeyer, Lino Villaventura e Ronaldo Fraga, para a criação de suas respectivas minicoleções, que serão apresentadas em um desfile profissional no dia 22 de novembro, no Centro Cultural Ação Cidadania, no Rio de Janeiro.
Dentro da temática "Todo mundo Tá na Moda", as maranhenses Marielle, que se inscreveu no concurso como estilista, e Josete, inscrita como modelista, desenvolveram o projeto "Um grito para a Moda", que tem como objetivo trazer à tona a discussão da sustentabilidade na indústria da moda. Na coleção, as estudantes utilizarão materiais típicos da região como fibra de Juta, Buriti e algodão em peças que trarão traços da cultura maranhense através do crochê, produzidas manualmente por rendeiras da Raposa.

"O objetivo é levar a reflexão sobre como todo mundo está na moda, mostrando que é possível ser sustentável em um cenário onde a nossa natureza grita por socorro urgente", explicam as estudantes. A dupla será orientada pelo estilista Lino Villaventura.




O Senai Brasil Fashion é realizado pela agência Samba Marketing Ao Vivo, com o patrocínio do CETIQT (Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil), uma unidade do Departamento Nacional do SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e principal centro formador de recursos humanos para a cadeia têxtil nacional. Tem como propósito fortalecer e divulgar a educação profissional no Brasil por meio de uma plataforma de moda que capacita os alunos através de uma experiência handson – e que gera visibilidade para o segmento, contribuindo na formação e revelação de novos talentos da indústria brasileira de moda.

Os encontros:
Antes do gran finale, que acontece no dia 22 de novembro no Centro Cultural Ação Cidadania com um desfile para jornalistas, empresários e formadores de opinião do mercado da moda, os estudantes e os coaches vão participar de três encontros intensos no Rio de Janeiro.
No primeiro deles, que ocorreu entre 11 e 13 de setembro, foram realizadas vivências para desbloquear a criatividade. Também discutiram os processos de criação dos looks, além de conhecerem o museu onde apresentarão as minicoleções.
No segundo encontro, entre os dias 2 e 5 de outubro, eles avançam com a criação dos looks do desfile e afinam a escolha das modelos – uma seleção de grandes nomes entre as top models brasileiras, new faces das passarelas e também de modelos que representam a diversidade. Nos dias21 e 22 de novembro, durante o último encontro, acontecem os ajustes finais, como provas de make e as últimas conversas com os coaches.
Durante a série de encontros até o desfile final, os jovens aprendem a ter uma visão 360° da profissão, desde a concepção inicial da coleção até as decisões que envolvem a apresentação. Para isso, no período contam também com o auxílio de uma série derenomados consultores: Daniel Ueda no styling, Max Blum na produção musical, Ed Benini para o casting, Wilson Ranieri para a modelagem, Rodrigo Costa na beleza, Jackson Araújo, como consultor criativo e a produtora Tatiana Palezi, da SAMBA Marketing Ao Vivo, agência que assina a produção do evento.
Para amplificar e desdobrar todo o conhecimento gerado e compartilhado com as duplas selecionadas durante o ciclo do SENAI Brasil Fashion, todo o conteúdo dos três encontros serão gravados e transformados em vídeo-aulas para exibição nos cursos de moda de toda a rede do SENAI. Dessa forma, a iniciativa proporciona material educacional relevante para complementar a formação de todos os alunos aspirantes a estilistas e modelistas.

Sobre o SENAI CETIQT:
O SENAI CETIQT atua como principal centro formador de recursos humanos para a cadeia têxtil nacional e é um dos mais destacados do mundo, com plantas-piloto completas que reproduzem o ambiente fabril, além da planta-piloto de confecção, de uma rede integrada de laboratórios e uma área de inovação, estudos e pesquisas, com foco em antropometria, comportamento e consumo, cor, design, economia criativa, prospecção tecnológica e mercadológica, além de sustentabilidade e responsabilidade socioambiental.
A instituição, reconhecida como pioneira no sistema SENAI, foi a primeira unidade a lançar, em 1997, o ensino de nível superior no sistema com o curso de Engenharia Industrial Têxtil, agregando valor na formação de profissionais para a área têxtil. Em 2001, foi lançado o curso superior de Design de Moda, o primeiro do país nesta categoria. Durante sua trajetória inovadora, o SENAI CETIQT passou a oferecer também outros cursos de nível superior, de pós-graduação e de extensão, além dos cursos técnicos, de qualificação e de aperfeiçoamento profissional. 


Instagram
Marielle Materazzi  @owl_noctua
Josete Viegas   @viegasjosete


Minicoleção Aldeias Urbanas por Manoel Mougeot.


O desfile de lançamento da minicoleção "Aldeias Urbanas"  aconteceu no dia 13 de setembro no evento beneficente Fashion Show CpdModa, na antiga fábrica têxtil Santa Amélia - atual sede do curso de Hotelaria e Turismo da UFMA, Centro. Promovido pelo Curso técnico de Produção em Moda do Instituto Daniel de La Touche.

Depois de ter trabalhado com as etnias indígenas Krikati e Kayapó em um editorial de moda que ficou conhecido internacionalmente, o estilista e produtor de moda Manoel Mougeot recria narrativas do folclore brasileiro e cultura indígena em sua mais nova coleção de moda em São Luís.




A minicoleção de moda "Aldeias urbanas" de Manoel Mougeot convida a todos a se conectar às nossas raízes e relembrar da cultura maranhense. Quando os franceses chegaram no Maranhão encontraram os indígenas Tupinambás. E em companhia do nosso fundador francês Daniel de La Touche, seis desses indígenas foram levados para Paris, a fim conhecer o rei de França Henrique IV. Como em toda viajem, ninguém é o mesmo depois de entrar em contato com uma nova cultura.

Para contar esse enredo, Manoel Mougeot se apropriou da diversidade cultural nativa maranhense para criar sua minicoleção, que referencia o nudismo indígena através das camisas transparentes de tule com grafismos,calças leggings estampadas e saias com pregas, criando uma "segunda-pele" para o corpo. Destaque para a estampa com referência indígena do "Jabuti", comumente usado como pintura corporal maranhense para enfeitar o corpo. "Todos os looks foram criados pensando no público que quer uma roupa urbana, confortável e com tecnologia para que também possa fazer seus exercícios físicos, como academia, corrida, ciclismo ou outros esportes, em uma rotina mais saudável", explica o estilista.



          Diego Barbosa, Jéssica Correia,      Suely Gomes, Manoel Mougeot, 
Myrella   Lima e Jonath Silva. 
           

Passarela inclusiva. "Unirmos pelas diferenças é a melhor solução para construção de uma cultura inclusiva e plural no Maranhão e Brasil", afirma Manoel Mougeot, ao defender a importância da formação de novas aldeias urbanas, em que a pessoa com deficiência, negros, brancos, mulheres e gordos desfrutem dos mesmos direitos e deveres na sociedade. "É por isso que coloquei na passarela, modelos dos diversos tipos de corpo e etnia, a Moda precisa ter um Design universal e inclusivo para que todo possam ter acesso", argumenta o estilista.
Na abertura, o performer Gaybriel Sebastian vestia um dos looks de Manoel Mougeot, camisa de tule e saia kilt com estampa do "Jabuti". "A tradução de kilt não é saia, mas sim um tecido que cobre o corpo. Basicamente era isso que as índias Kayapó usavam quando as conheci, tecidos enrolados na cintura, que sempre caiam, pois não tinha a mesma ergonomia do que um kilt" comenta Mougeot.



 Modelo cadeirante Jéssica Correia posa para foto na passarela da marca Manoel Mougeot.

Modelo surda Myrella Lima desfila na passarela da marca Manoel Mougeot

 Performer Gaybriel Sebastian se apresenta em fashion show com saia kilt


 Performer Gaybriel Sebastian com look inspirado na Curupira, personagem do folclore brasileiro

Modelo plus size e costureira Suely Gomez posa com bolsa de fibra da etnia Kanela e saia kilt com estampa indígena "Jabuti".

Sucesso internacional. Esse ano Manoel Mougeot foi destaque no reality show documental "Criativos.BR" do SBT Nordeste por seu trabalho como produtor de moda no Maranhão. No programa, o produtor teve como desafio, desenvolver um ensaio fotográfico nas cachoeiras de Carolina-MA tendo como modelos: indígenas da etnia Krikati e Kayapó, que pouco falavam português, mas que apresentaram uma grande riqueza estética e cultural. O episódio foi exibido em todo o nordeste brasileiro e mais de 23 países através do canal a cabo Fashion TV. Depois dessa experiência com os indígenas, Mougeot começou a desenvolver trabalhos de resgate à valorização da cultura nativa maranhense através da Moda.
Estilista e produtor de Moda ao lado de croqui desenhado pelo mesmo na exposição do evento.

Sobre Manoel Mougeot: virginiano, 28
anos, vegetariano, conselheiro nacional de cultura, no setorial de moda do Ministério da Cultura, produtor cultural e de moda, vitrinista. Também atua como fotógrafo e desenvolve projetos com acessibilidade e de cultura afrobrasileira. Adepto da bike e moda Brechó. 


Instagram:
@manoelmougeot 

Fotografia Ilano Lima e Mia Santos

NAILS: Apareceu na Semana de Moda de NY e está ao seu Alcance!

As unhas que desfilaram por lá podem servir de inspiração por aqui para o Verão de 2019


Nos últimos dias aconteceu a semana de moda de Nova York, e durante os desfiles as unhas chamaram bastante atenção. Felizmente, as tendências de nail art poderão ser copiadas facilmente aqui no Brasil.
Quanto ao formato o que mais apareceu pelas passarelas foi o stiletto, ou seja, são bem lixadas para formar uma ponta bem fininha. Quanto a cores e texturas, os destaques ficam para o glitter, que será bastante usado nas próximas estações e também para as jóias aplicadas.
Os pingentes dominaram o Fashion Week Nova Iorquino. Alguns estilistas optaram por fazer um furo nas unhas e aplicar as jóias como argolas, fazendo alusões aos brincos, já outros, apresentaram as unhas com uma vasta quantidade de apliques em pedrarias, transformando as mãos em uma obra de arte. já outros, apresentaram as unhas com uma vasta quantidade de apliques em pedrarias, transformando as mãos em uma obra de arte.




 E não tem nada melhor do que poder ficar por dentro das tendências internacionais e saber que elas estão ao nosso alcance. E o melhor é que os pingentes para unhas são super fáceis de achar e também cabem no bolso, pois, são baratinhos. Ou seja, dá para comprar diferentes modelos e variar na nail art toda semana.
A Miss Frandy possui em sua gama de produtos diversos modelos de apliques para unhas, a marca oferece miçangas, strass, argolas, laços, pedrarias, entre outros formatos que dão elegância e estilo às unhas.


Os apliques podem ser colados com cola para unha postiça e para finalizar e aumentar a durabilidade, ao final da colocação, aconselha-se passar uma camada de top coat.




Dress Plus Size - Rosegal


Oi Pessoal!  
Hoje trago aqui no blog algumas sugestões de vestidos plus size, diretamente da loja online  Rosegal

Selecionei alguns dos que mais gostei, sendo que no site há   muitos outros modelos lindos e vocês encontram clicando aqui.





1ª Feira Vegana de São Luís.


Oi Pessoal!

Dica boa, é dica compartilhada: nos dias 15 e 16 de setembro acontece  a 1ª Feira Vegana de São Luís, que reunirá produtores locais com itens veganos, além de promover workshops e ações sobre o tema. 

Organizado pela dupla do ig @vegetarianos.slz, o evento é gratuito e promete produtos 100% orgânicos, dentre eles: cosméticos, artesanato, moda, gastronomia entre outras novidades do mercado. O evento é aberto ao público em geral e tem entrada gratuita. 


Programação:

Sábado, 15/09 - 10h às 22h

1 - Insight Green 
2 - Tamandua-Zen 
3 - Meu Mundo Veg 
4 - Veg&tal 
5 - Vegan Flavor 
6 - Naturê 
7- São e Sucos
8 - Diet Cake 
9 - Bioalimentos Orgânicos
10 - Olga Mundo Fit Top e mudas de plantas de Ora Pró Nobis 


10h30 às 12h 
Wokshop de leites vegetais com a Culinarista Nanda Miranda da Veg & Tal (Patrocínio Empório Muniz),

Local: Camicado do Shopping da Ilha


16h às 18h.
Palestra com Nutricionista Carlos Henrique sobre 'Onde estão as Proteínas em Pratos Veganos? Vitamina B12, precisa suplementar?'
Local: Camicado do Shopping da Ilha


Domingo, 16/09 - 12h às 20h

1 - Proveggy 
2 - Insight Green 
3 - Veganëra 
4 - Casa Amora 
5 - Vegan Vibes
6 - SonhoVeg 
7 - Empório Muniz
8- Empório Muniz 
9- Veg&tal 
10- Thor Suplementos 


Serviço: 1ª Feira Vegana.
Horário: Sábado (15/09), de 10h às 22h, e Domingo (16/09), das 12h às 20h.
Local: Praça de Eventos do Shopping da Ilha.
Evento Gratuito